MEDUSA (for Charlotte Posenenske)
Projecto de Ricardo Jacinto (OSSO) + Tup Teatro Universitário do Porto com a participação de Nuno Torres (OSSO), Mauricio Martins e Tiago Rorke (MILL)

Concerto-instalação para violoncelo, electrónica, som gravado e objectos ressonantes. Medusa dá nome a um sistema electroacústico através do qual Ricardo Jacinto tem vindo a explorar, numa relação específica entre improvisação musical e arquitectura, um vocabulário sonoro derivado da imagem do violoncelo explodido; da sua fragmentação e consequente dispersão no espaço envolvente.
Este projecto com o TUP – Teatro Universitário do Porto é marcado pelo encontro da Medusa com uma cópia da peça Square Tubes: Serie D, de Charlotte Posenenske (1930-1985), através da utilização dos seus elementos como objectos ressonantes.

Com o objectivo de integrar um grupo de performers do Teatro Universitário do Porto no projecto Medusa, Ricardo Jacinto dirigiu um conjunto de sessões de carácter oficinal e tutorial onde os participantes desenvolveram um conjunto de peças sonoras com base em gravações de campo na cidade do Porto, bem como soluções esculturais e performativas decorrentes da peça Square Tubes. Estas foram posteriormente integradas numa apresentação pública promovida pelo TUP em colaboração com o IRL e a OSSO.

Local: TUP – Teatro Universitário do Porto
Data: Várias sessões entre Maio e Julho de 2019
Parceiros: MILL, IRL, TUP