EMISSÃO DO PROGRAMA DE RÁDIO GRAVADO NA OSSO, NO DIA ABERTO #9 // 17 DEZEMBRO 2022

>> 19.30h às 20.30h – Programa de rádio de Tristany, Diogo Carvalho e Onun Trigueiros do Koletivo UNIDIGRAZZ [Curadoria Hangar] + OSSO à conversa com Tristany, Diogo Carvalho e Onun Trigueiros.

>> 20h30 às 21h30 – OSSO à Conversa com Joana Braga e Sara Morais sobre a Instalação passos em volta do enxerto

UNIDIGRAZZ

_RÁDIO
Koletivo UNIDIGRAZZ Programa de Tristany, Diogo Carvalho e Onun Trigueiros [Curadoria Hangar]

Uma viagem de comboio, mas sonora, uma mensagem ou carta, sem letra. Uma voz única da unidigrazz ou de um sítio aonde os prédios se curvam sobre o alcatrão Esburacado, aonde os horários laborais formam o ritmo dessas vidas.
Uma performance ou janela, como a interpretarem, que a unidigrazz quer trazer para ser aberta por outros dando a mão à dimensão auditiva.


Somos o Koletivo Unidigrazz da zona de Mem Martins, agregamos uma série de artistas multidisciplinares: fotógrafos, ilustradores, realizadores e graffiti writers. Promovemos práticas artísticas emergentes na linha de sintra, possibilitando a criação de um movimento identitário e representativo, fomentando a mudança social: na formação cultural e social, na promoção de eventos culturais, de intercâmbios nacionais e internacionais para projeção da cultura urbana emergente.

Redes sociais:
https://www.instagram.com/unidigrazz/
https://www.instagram.com/diogo.gazella.carvalho/
https://www.instagram.com/onuntrigueiros/
https://www.instagram.com/tristany.mundu/

JOANA BRAGA E SARA MORAIS

INSTALAÇÃO
Passos em volta do enxerto de Joana Braga e Sara Morais

passos em volta do enxerto é uma instalação que desdobra sonora e visualmente a nossa deambulação em torno da mistura de seres que a operação de enxertia possibilita.
Um enxerto é a inserção de um excerto de uma planta noutra planta. Esta operação implica fender a pele de ambos os corpos, unir pele com pele e vedar essa união para que as duas vidas vegetais se fundam.
O vestígio do corte e da inserção revela o lugar onde começa a fusão. Aí, o duo torna-se uno, o mesmo torna-se outro. que força vital brota de uma cicatriz? passos em volta do enxerto é uma instalação que procura expressar no som e na imagem estas indagações.


Joana Braga, arquitecta, artista, investigadora. O seu trabalho articula práticas espaciais, discursivas, sonoras, visuais e performativas para explorar a experiência estética do espaço e também as suas dimensões culturais, políticas e sociais, compreendendo a investigação, a curadoria, a escrita e a prática artística. Investigadora no DINAMIA’CET (ISCTE-IUL). Mestranda em Estética e Estudos Artísticos (Nova FCSH.) Pós-graduada em Arquitectura dos Territórios Metropolitanos Contemporâneos (ISCTE-IUL) e em Arquitectura Bioclimática e Restauro Ambiental (FA-UL).

Sara Morais, nasceu em Lisboa, em 1982. Viveu na Holanda, em Madrid e no Porto. Actualmente, vive em Lisboa. Estudou Ciências da Comunicação, Cinema na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa. Tem trabalhado na criação e edição de conteúdos áudio e vídeo para entidades culturais como Culturgest, Teatro Maria Matos e Teatro do Bairro Alto. Realizou a série documental “Jóias, para que vos quero?” para a RTP, em colaboração com a Vende-se filmes. Na rádio, realizou “Histórias de Rios”, programa emitido na Antena1 e audio-documentários para a Antena2. Fez o filme “desvio/padrão” sobre o trabalho em azulejo de Maria Keil publicado em livro-dvd. Trabalhou com Filipa Reis, João Miller Guerra, Tiago Pereira, Maile Colbert, Inês Barahona e Miguel Fragata, entre outros. Faz parte do colectivo Osso, tendo colaborado na produção de projectos como “Eye Height”, na co-programação de “Ecos/Echoes” com Nuno Torres e Ricardo Jacinto.